19.1.14

A China em Londres ?


Depois de aqui ter anunciado o encerramento do Cinema Londres, em Lisboa, é com tristeza que me atrevo a pré-anunciar, (adivinhar?), desta vez o fim quase certo deste histórico cinema da capital. Mais uma vez, e tal como havia sucedido com o seu encerramento, o Londres volta a ser notícia de telejornal pelas piores razões. Na viragem de ano de 2013 para 2014, tal soco no estômago, eis que os lisboetas tomam consciência que já se notam obras de demolição no interior do edifício. Pior mesmo foi saber que todo o interior já lá vai e que ali vai nascer mais uma loja 'mega china' ou 'hiper china', como preferirem. Pensei logo para com os meus botões: "Boa pá! Estávamos mesmo a precisar de uma loja dessas em Lisboa! Temos poucas assim por cá!" 
Nas reportagens da TV lá aparece um dos proprietários justificando-se com o facto de ninguém ter apresentado propostas concretas para manter a componente cultural do espaço. Quando confrontado com uma suposta proposta de uma empresária da mesma zona da Av. de Roma, que se queixou que nem esperou pela mesma abraçando imediatamente os euros vindos do oriente, justificou-se que quando se deu o encerramento não receberam nenhuma proposta concreta ou exequível. Eh pá, é impressão minha ou tão pouco tempo entre encerramento e demolição leva a crer que o negócio da China já estaria apalavrado? Piada mesmo tem a declaração dos proprietários quando dizem que ainda não é tarde para voltar atrás e que ali pode perfeitamente nascer um novo espaço cultural. Sou só eu a pensar que só quem for burro é que agora depois de tudo escavacado vai gastar resmas de dinheiro a reconstruir as salas para voltar a pôr tudo no sítio, quando podia apenas gastar o suficiente para manter o espaço? Meus amigos, a realidade é dura mas apenas me resta dizer: Cinema Londres 1972 - 2014 - Paz à sua alma. 

Fonte: Reportagem da RTP do dia 13.01.2014. Link: aqui

Sem comentários:

Publicar um comentário